domingo, 3 de outubro de 2010

VALE A PENA VER DE NOVO

Salmos 84:4-6
“Bem-aventurados os que habitam em tua casa; louvar-te-ão continuamente. Bem-aventurado o homem cuja força está em ti, em cujo coração estão os caminhos aplanados, o qual, passando pelo vale de Baca, faz dele uma fonte; a chuva também enche os tanques”.
O Vale de Baca era também conhecido como “vale das lágrimas” – o trecho mais difícil da estrada… o vale de lamentar! O vale tinha o nome de “Baca”, porque essa palavra hebraica significa justamente isto: lágrima, choro. Algumas versões trazem o seguinte: “Vale das Lágrimas”.

Quem de nós podemos dizer que nunca passou, emocionalmente, por esse vale: o vale das lágrimas?
A passagem pela vida nos faz chegar a esse vale.
A Palavra de Deus (longe de minimizar esse fato), nos mostra que por vezes (e muitas vezes), no nosso caminhar nem tudo são rosas, nem tudo é “planícies”. Isso quer dizer que na vida de todos nós existem vales profundos, vales secos, áridos; há ermos, há desertos – há um vale de lágrimas.
Quantos tem chorado desesperadamente porque precisam de soluções, precisam de cura, precisam ver sua família restaurada…
Deus quer nos tirar desse vale
MAS O QUE FAZER?
Os salmistas que passaram essa terrível experiência nos dão a fórmula para quem quer atravessar esse vale e sair dele.
1. É PRECISO TER DEUS COMO FONTE DE NOSSA FORÇA
V.5 diz assim: “Como são felizes os que em Ti encontram sua força” ou “que de Ti recebem forças”. Só vence o vale de lágrimas aquele que faz de Deus a sua Fonte, o seu Gerador, a sua Usina de vitalidade. Existem hoje em dia muitos livros de auto-ajuda, do tipo: Como Vencer ou Como Superar Um Mau Hábito (livros que vendem milhões de exemplares). Mas só que estes livros dizem o que fazer, mas não oferecem poder para fazer. Portanto, só vence o vale de Baca quem já entra nele afirmando de onde vem a sua força.

A nossa força não vem do pensamento positivo, não vem do dinheiro, não vem do nosso líder, não vem da família – a nossa força vem do Senhor.
2. É PRECISO VIVER A LIÇÃO DA GRAÇA. Essa lição está em todo o Salmo 84, mas o v.11 resume tudo numa afirmação dizendo: “Porque o SENHOR Deus é Sol e Escudo; o SENHOR dá Graça e Glória”.
É impressionante a redundância intencional do salmista ao falar da Graça de Deus: “SENHOR dá Graça”. A palavra “Graça” já significa “dar”; “dar graça” então é graça em dobro.

O que significa isto? …Significa que se seu vale de lágrimas (de tristezas…), seja do tamanho que for, da fundura que for, da largueza que for Deus envia a graça no tamanho da sua dor; ela ganha a dimensão do seu sofrimento. Enfrentamos situações para além dos nossos recursos, mas nunca para além dos recursos de Deus. Esta é a lição da graça: quanto maior a dor, maior a quantidade da Graça enviada por Deus em nossa vida.
E no vale de Baca, Deus vem com poder e Graça nos consolar dizendo:“Assim diz o Senhor: Reprime a tua voz do choro, e das lágrimas os teus olhos; porque há galardão para o teu trabalho, diz o Senhor, e eles voltarão da terra do inimigo. E há esperança para o teu futuro, diz o Senhor; pois teus filhos voltarão para os seus termos”( Jer 31:16-17)

Nenhum comentário:

Postar um comentário